Domingo, 14 de Julho de 2024
Publicidade

Secties lança programa “Astronautas da Nau Catarineta” na Parahyba FM

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior da Paraíba (Secties) estreia o programa “Astronautas da Nau Catarineta” n...

05/07/2024 às 17h31
Por: Victor Leal Fonte: Secom Paraíba
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior da Paraíba (Secties) estreia o programa “Astronautas da Nau Catarineta” na próxima quarta-feira (10), na rádio Parahyba FM. O projeto é desenvolvido em parceria com a Empresa Paraibana de Comunicação (EPC) e tem o objetivo de popularizar e tornar a ciência ainda mais acessível.

Veiculado semanalmente na rádio, por meio da frequência 103.9, o programa chega com o intuito de divulgar as principais notícias relacionadas à Secties de forma informativa e didática. Além disso, a proposta envolve trazer fatos, curiosidades e informações de áreas como Ciência, Tecnologia e Inovação, promovendo a expansão do conhecimento científico relacionado ao dia a dia dos ouvintes, sem deixar de lado o viés cultural que é marca da Parahyba FM.

O primeiro programa recebe como convidado o secretário Claudio Furtado para falar sobre a importância do programa para a Secties e aproveita o momento para explicar o significado do nome “Astronautas da Nau Catarineta”. “É uma mistura da tecnologia com a nossa nordestinidade. A escolha do nome remete à questão do astronauta, uma viagem que você vai fazer por esse mundo da ciência e tecnologia; já Nau Catarineta remete à Paraíba, a Ariano Suassuna com o Romance da Nau Catarineta. O poema é da cultura oral, vem de Portugal, mas Ariano, através do movimento armorial, dá uma nova escrita a esse poema que é musicado pelo maestro Antônio Madureira e pelo paraibano Antonio Nóbrega”, comentou o secretário.

Para Claudio Furtado, o projeto vai ajudar a diminuir a distância entre a população em geral e os temas que envolvem a ciência e tecnologia. “A ideia desse programa é utilizar a grande capilaridade da rádio para levar de uma forma descontraída temas de popularização da ciência, da tecnologia e da inovação. Ou seja, fazer com que chegue fácil à população o significado, as suas aplicações e os benefícios que a ciência traz, de uma forma geral”, afirmou.

A diretora-presidente da EPC, Naná Garcez, acredita que o programa vai mostrar a ciência para jovens, adultos e idosos. “Ao fazer esse programa estamos de olho num público amplo que gosta de tecnologia, que sabe que a Paraíba produz bem nessa área, que gosta da pesquisa científica e que vai se inteirar pelo novo conhecimento adquirido. Nós temos uma grande satisfação em ter essa parceria. A estreia do programa ‘Astronautas da Nau Catarineta’ vai exatamente em concordância com o que pensamos que podemos oferecer nessa nova emissora”.

Segundo o gerente executivo de programação e conteúdo da Parahyba FM, André Cananéa, as expectativas são altas para a estreia do programa. Ele ressaltou que a proposta é tratar o tema de forma divertida e cultural. “Trazer essas temáticas de uma maneira acessível e divertida faz com que o ‘Astronautas da Nau Catarineta’ seja um projeto muito bacana e que ajuda a Parahyba FM a se consolidar com essa cara cada vez mais pop, geek e tecnológica”, finalizou.

Sobre o programa –O “Astronautas da Nau Catarineta” vai ao ar toda quarta-feira, a partir do dia 10 de julho, às 13h. O programa, apresentado por Ravi Pachêco e Nice Lima, tem o objetivo de popularizar e incentivar a Ciência para todos os públicos, a partir de assuntos relacionados como a tecnologia, inovação, o empreendedorismo e a cultura.

Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários